notícias

PARANÁ - Governador autoriza início da duplicação da BR-369, no Norte

PARANÁ - Governador autoriza início da duplicação da BR-369, no Norte

23

fevereiro

O governador Beto Richa assinou nesta sexta-feira (23) a ordem de serviços para início das obras de duplicação da BR-369, no trecho entre Jataizinho e Cornélio Procópio, no Norte do Estado. A obra será executada pela concessionária Econorte e fiscalizada pelo Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER).

Serão investidos cerca de R$ 226,7 milhões em 34,3 quilômetros da rodovia. Na mesma solenidade, foi lançada a pedra fundamental do Parque Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). O local, que vai abrigar centros de pesquisas e incubadoras de empresas, receberá recursos do Governo do Estado, governo federal, prefeituras e entidades do setor empresarial.

A rodovia é um importante corredor para o escoamento da produção agrícola e um dos principais acessos da região ao Estado de São Paulo. “O impacto vai ser muito grande para a região. Toda obra de infraestrutura deste porte contribui com o desenvolvimento mais vigoroso dos municípios”, afirmou Richa. “Obras como esta acontecem em todo o Estado, temos o maior programa de infraestrutura e transporte que o Paraná já viu”, disse.

TODO PARANÁ – De acordo com o governador, o Estado conta com 500 quilômetros de duplicação de estradas, entre os trechos já entregues, em execução e obras previstas. “Um grande pacote está sendo lançado neste mês para obras em todo o Estado”, afirmou. O secretário estadual da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, explicou que serão feitas muitas correções ao longo da rodovia para trazer mais segurança aos motoristas.

“Há alguns pontos perigosos que precisam dessas correções para evitar tombamento de caminhões, por exemplo. Isto encarece um pouco a obra, mas traz mais qualidade”, disse. O prefeito de Cornélio Procópio, Amin Hannouche, disse que a obra vai contribuir com o deslocamento dos moradores do Norte e do Norte Pioneiro do Estado.

“Há muitos anos a população que utiliza a rodovia pede por esta obra. O Governo do Estado entendeu que ela é importante para o Paraná”, disse. “Todos os municípios da nossa região se socorrem em Londrina em casos de urgência. A duplicação vai facilitar este acesso e pode até salvar vidas”, destacou.

ANTECIPAÇÃO – A duplicação da rodovia estava prevista para ser feita em 2021, mas foi antecipada por causa do diálogo entre o Governo do Estado e a Econorte. Além da pista dupla, também serão construídas quatro novas pontes, quatro viadutos, dez retornos em nível e quatro correções geométricas de curvas, resolvendo os problemas das famosas “curva da telha” e “curva do bode”, que ficarão mais suaves. Haverá, ainda, a detonação de rochas em alguns segmentos.

A obra terá início na região de Cornélio Procópio, mas ao longo dos 34 quilômetros outras equipes farão trabalhos preliminares de limpeza, topografia e serviços de terraplenagem, além da adequação dos acessos já existentes e da sinalização e dos pontos de parada de ônibus. A Econorte estima que a obra vai gerar cerca de 600 empregos diretos.

ACORDO – Para antecipar a duplicação da BR-369 sem aumentar a tarifa de pedágio, o Governo do Estado assumiu a construção do Contorno Norte de Londrina, que constava no cronograma de obras da concessionária para 2021. A Econorte doou os projetos dos três lotes para o Departamento de Estradas de Rodagem DER-PR, que assumiu a responsabilidade pela obra.

TREVO – O Governo do Estado também vai implantar um trevo em desnível na PR-160, em Cornélio Procópio. Na região foi construído um hospital regional e um grande conjunto habitacional. A rodovia é de pista simples, mas cheia de curvas. Será construída uma trincheira no local. O projeto está em fase de elaboração do orçamento. A estimativa inicial é de R$ 7,5 milhões e o DER-PR planeja licitar a obra até março de 2018.

OUTRAS OBRAS – Richa citou outras obras de infraestrutura que serão executadas na região Norte. A homologação da licitação para duplicar 15,2 quilômetros da PR- 445, entre Londrina e o distrito de Irerê, deve sair até o final deste mês. Serão construídas oito pontes, quatro viadutos e uma trincheira.

O DER-PR vai recuperar 13 quilômetros de marginais dos trechos urbanos da PR-445, entre Cambé e Londrina, que sofreram desgaste anormal durante a duplicação da rodovia. Propostas de preços para realizar o serviço serão abertas no dia 9 de março, com valor máximo de R$ 3,9 milhões. Também estão sendo instaladas três passarelas no trecho urbano da PR-445 em Londrina, com previsão de conclusão dos trabalhos em seis meses. Investimento totaliza R$ 1,8 milhão.

PARQUE – O Parque Científico e Tecnológico será construído em um terreno de seis alqueires, às margens da BR-369, na saída para Santa Mariana. O parque terá uma área de incubação de empresas, centro de pesquisa, condomínio empresarial, centro de convivência, anfiteatro e lotes que serão cedidos a empresas que desenvolvem projetos nas áreas de ciência, tecnologia e inovação.

“Aqui será um espaço para promoção do desenvolvimento científico e tecnológico da região de Cornélio Procópio, atraindo empresas que realizem pesquisa, desenvolvimento e inovação”, disse Márcio Jacometti, diretor-geral do câmpus da UTFPR no município.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o diretor-presidente do Instituto das Águas do Paraná, Iram de Rezende; os deputados federais Nelson Padovani, Alex Canziani e Luiz Carlos Hauly; e os deputados estaduais Luiz Claudio Romanelli e Pedro Lupion.

envie seu comentário...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar

peça seu som...

Opps! preencha corretamente os dados

enviar